TEMÁTICA

Este espaço destacará o túmulo de personalidades famosas do meio artístico e histórico- cultural, sem qualquer conotação político-partidária ou religiosa doutrinária.


ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades famosas. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural brasileiro. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.

“MEMENTO, HOMO, QUÍA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS.

“Lembra-te, ó homem, de que és pó e ao pó has de voltar.”

MÚSICA

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

LEANDRO-19- Arte Tumular - Cemitério Jardim das Palmeiras, Goiânia, Goias








Túmulo logo após o sepultamento
Atual


ARTE TUMULAR
Túmulo gramado. No centro uma representação de uma viola com plantas arbustivas. Na parte inferior o seu nome escrito com planta arbustiva
LOCAL: Cemitério Jardim das Palmeiras, Goiânia, Goias
Foto:Guilherme Primo
Descrição tumular: Helio Rubiales
PERSONAGEM
Luiz José da Costa, (15 de agosto de 1961,Goianápolis, Goiania – 23 de junho de 1998, São Paulo), mais conhecido como LEANDRO, da dupla sertaneja Leandro & Leonardo, foi um cantor.
Morreu aos 36 anos de idade.
BIOGRAFIA
Dupla sertaneja formada por dois irmãos goianos, de Goianápolis. Moravam na zona rural e trabalhavam na plantação de tomates da família. Luiz José Costa (Leandro) foi o primeiro a pensar seriamente na possibilidade de ter a música como profissão, e integrou como vocalista a banda Os Dominantes, que tocava músicas dos Beatles e Roberto Carlos, no fim dos anos 70. Em 1983 juntou-se ao irmão Emival Eterno Costa (Leornardo), a dupla se formou, adotando o nome artístico e o repertório sertanejo, principalmente músicas de Chitãozinho e Xororó. Depois de vencer um programa de calouros na televisão, juntaram o dinheiro e foram para São Paulo, onde gravaram um disco com tiragem de 500 cópias, que não fez sucesso. Mesmo assim conseguiram ser contratados pela recém-fundada gravadora 3M, que lançou dois LPs, tornando a dupla conhecida apenas no meio sertanejo. O sucesso veio mesmo no início dos anos 90, quando apostaram fundo na temática romântica e gravaram pela Chantecler o disco "Leandro e Leonardo vol. 3" (1989), que incluía a faixa "Entre Tapas e Beijos" (N. Lamas/ A Bueno), executada milhões de vezes pelas rádios em 1990 e 91. Logo em seguida, em "Leandro e Leonardo vol. 4", as músicas "Pense em Mim" e "Desculpe, Mas Eu Vou Chorar" consagraram definitivamente a dupla, vendendo rapidamente 2,5 milhões de discos. Com diversos discos de ouro e platina na carreira da dupla. Foi casado com Andréa Marques e tiveram um filho.
O trabalho foi subitamente interrompido pela morte de Leandro. O irmão Leonardo seguiu carreira individual com enorme sucesso.
MORTE
Em 1998, morre Leandro vítima de um câncer em São Paulo.
Fonte: wikipédia.pt.com
Formatação e pesquisa: Helio Rubiales

3 comentários:

  1. O Brasil perdeu uma grande personalidade com a morte de Leandro.
    Desde da primeira vez que eu vi o Leandro na televisão eu me encantei com ele,ele tinha um carisma muito grande,eu não sei explicar mas eu tinha uma coisa que me identificava muito com ele.Nunca me esquecerei dele........

    ResponderExcluir
  2. ARLETE COSTA ASSIS
    VITÓRIA BRASIL-S.P

    ResponderExcluir
  3. Leandro!!!
    Saudades eternas... Sempre será meu idolo, foi um impacto muito grande em minha vida quando o Leandro faleceu, me conformei mas não esqueci, tenho 25 anos sou fã deles desde meus 11 anos de idade e continuarei sendo eterna fã deles.
    Saudadesssssss!!

    Licélia Luiz dos Santos
    Ponto dos Volantes - MG

    ResponderExcluir