TEMÁTICA

Este espaço destacará o túmulo de personalidades famosas do meio artístico e histórico- cultural, sem qualquer conotação político-partidária ou religiosa doutrinária.


ARTE TUMULAR

Existe um tipo de arte que poucas pessoas conhecem, a chamada arte tumular. Deixando-se de lado o preconceito e a superstição, encontraremos nos cemitérios, trabalhos esculpidos em granito, mármore e bronze de personalidades famosas. É um verdadeiro acervo escultórico e arquitetônico a céu aberto, guardando os restos mortais de muitas personalidades imortais de nossa história, onde a morte se torna um grande espetáculo da vida neste lugar de maravilhosas obras de arte e de grande valor histórico e cultural brasileiro. Através da representação, a simbologia de saudades, amor, tristeza, nobreza, respeito, inocência, sofrimento, dor, reflexão, arrependimento, dá sentido às vidas passadas. No cemitério, a arte tumular é uma forma de cultura preservada no silencio e que não deverá ser temida, mas sim contempladas.

“MEMENTO, HOMO, QUÍA PULVIS ES ET IN PULVEREM REVERTERIS.

“Lembra-te, ó homem, de que és pó e ao pó has de voltar.”

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

JOÃO ALVES DE CERQUEIRA CESAR -139- Arte Tumular - Cemitério da Consolação, São Paulo


Vista do túmulo
Lápide
Anjo em lamento
Detalhe
Detalhe
Torre
Detalhe da torre



ARTE TUMULAR
Conjunto escultórico em granito e bronze muito rico em detalhes. Na parte frontal uma cruz de granito com as inscrições do governador. Amparado na lateral da cruz, um anjo esculpido em mármore está debruçado e com a mão sustentando a cabeça representando a dor da perda, ainda com a outra mão apoiada na cruz segura um ramo de flores que representaria a vitória do morto. O anjo apresenta grandes asas , semi-nu, apenas com um fino manto cobrindo-lhe as pernas próximo da cintura. Sentado sobre a base de granito polido marrom, com as pernas ligeiramente abertas e desajeitadas, mostrando um profundo estado de prostração
Ainda sobre essa cruz ergue-se um pilar clássico com relevos de cordeiros. Todo esse conjunto é decorado com alegorias em bronze. No centro do túmulo, ergue-se sobre uma tocha simbólica em bronze ricamente decorada, representando a eternidade da paixão. Logo atrás no que seria a cabeceira do tumulo sobressai uma corução em forma de torre, circundada no topo com alegorias com motivos religiosos. No alto da torre, quatro cabeças masculinas em bronze, dispostas cada uma num ângulo da torre, representa a observação e vigilância do túmulo. Observe bem as fotos para notar os detalhes.
Obra: O lamento do anjo
LOCAL:Cemiterio da Consolação, São Paulo
 Rua 6, Terreno 13.
Fotos: Simone (Picassaweb)
Descrição tumular:HRubiales
057


PERSONAGEM
José Alves de Cerqueira César (Guarulhos, 23 de maio de 1835 — São Paulo, 26 de junho de 1911) foi presidente interino do estado de São Paulo, governou de dezembro de 1891 a agosto de 1892.
Morreu aos 76 anos de idade.
BIOGRAFIA
Como grande parte dos governadores de São Paulo formou-se em Direito pela Faculdade do Largo São Francisco, na turma de 1860, passando a atuar como promotor público na cidade de Itapetininga. Foi secretário e presidente do Partido Republicano Paulista e, em 1889, Inspetor do Tesouro do Estado. Foi presidente do Senado Estadual de São Paulo.
Eleito primeiro vice-presidente de São Paulo (1891-1892), substituiu Américo Brasiliense em períodos de licenciamento e após o titular abandonar o cargo, sob pressão dos políticos contrários a Deodoro da Fonseca, quando este renunciou.
Completou o mandato em 23 de agosto de 1892. Após restabelecer a ordem, Cerqueira César teve de enfrentar epidemias de febre amarela em vários pontos do estado, o que o levou a promover o saneamento deSantos e também da Capital, em apoio à obra da municipalidade, cujos investimentos eram insuficientes. Foi eleito senador da República mas, antes de assumir o cargo, renunciou. Faleceu na cidade de São Paulo em 1911, tendo sido seu corpo sepultado no Cemitério da Consolação.
É homenageado dando seu nome ao município de Cerqueira César.
Fonte: pt.wikipedia,org
Formatação e pesquisar: HRubiales

Nenhum comentário:

Postar um comentário